Confissões

É difícil confessar. Contar coisas que sabemos lá no íntimo que estão fora dos padrões da moral e dos bons costumes. Assumir que erramos. Que não somos nada perfeitos e estamos muito longe da perfeição.

Arrisco-me a confessar algumas coisas para vocês. Quando fico ansiosa desconto na comida. Detesto fazer exercícios estilo “puxar ferro” em academia, embora eu saiba que é extremamente necessário. Quando sinto aquela vontade louca de malhar, sento no sofá e espero passar. Sempre funciona. Na verdade, estou só esperando o primeiro infarto para mudar completamente de atitude.

Quando bebo uísque fico completamente vesga, não me perguntem porquê, pois só vejo nas fotos depois. Pior que outra Renata se infiltra em meu corpo e ela é totalmente desavergonhada e louca. Confesso que adoro substituir o “ou” por “e” em praticamente tudo na minha vida. (Com exceção do marido, é claro!). Quase desmaiei com uma cinta apertada em uma festa que fui, onde queria disfarçar a barriga poucos meses depois do nascimento do meu filho. Aliás, comecei várias dietas e nunca consegui cumpri-las. Mas agora que estamos no inverno eu continuo fazendo a mesma coisa e não deveria ter usado o “mas” na frase.

Confesso que estou muito feliz só porque minha cortina nova foi instalada. Sim, sou dessas que se empolga por pouca coisa. Não me importo de contar que detonei uma barra de chocolate de duzentos gramas em minutos enquanto escrevia e não tenho nenhuma vergonha de dizer que vou retirar toda a gordura da barriga numa lipoaspiração.   

Confesso que acho filme pornô uma comédia. Que converso com a televisão como uma senhorinha que mora com uma tartaruga e um peixe há cinquenta anos e não tem com quem conversar. Confesso que não sei mais em quem votar e que já tive vontade de dar uns tapas na cara de algumas pessoas.

Tem dias que me sinto indecisa numa simples tarefa de escolher a roupa para sair de casa, mesmo que seja só para ir à esquina comprar pão. Deve ser porque toda vez que estava vestida como um mendigo e resolvi dar um pulinho no supermercado, encontrei todas as pessoas que jamais poderiam me ver “daquele jeito”. Lei de Murphy sabe como é. Confesso que quando gosto muito de um presente eu acabo pegando ele pra mim e comprando outra coisa para quem deveria ser presenteado. Enfim, confesso que às vezes gostaria de usar o anonimato para confessar o resto. Mas é melhor parar por aqui. 

Renata Miranda
Administradora de Empresas com MBA em Gestão de Pessoas
Master Head Trainer Coach
Escritora e Palestrante
Outros artigos
Coluna Vida&Carreira
Vida & Carreira
Vida & Carreira
Leia todos os artigos
Diário de uma mãe em surto: e o surto chega ao fim
Diário de uma mãe em surto: vigésima semana de tratamento
Diário de uma mãe em surto: quarta semana de tratamento psiquiátrico
Diário de uma mãe em surto: a descoberta das redes sociais
Diário de uma mãe em surto: o começo de uma revolução
Diário de uma mãe em surto: e a saga continua...
Diário de uma mãe em surto: o começo do tratamento psiquiátrico
Diário de uma mãe em surto: o fundo do poço
Diário de uma mãe em surto: Noite de Natal
Diário de uma mãe em surto: Culpa Zero
Diário de uma mãe em surto: Angra dos Reis
Diário de uma mãe em surto: no bar do Otacílio
Diário de uma mãe em surto: cantada de pedreiro
Diário de uma mãe em surto: rapazinho robusto
Diário de uma mãe em surto: festa de aniversário
Diário de uma mãe em surto: reunião da escola
Diário de uma mãe em surto: mãe culpada
Diário de uma mãe em surto: Domingo de Páscoa
Diário de uma mãe em surto: Traumas de Infância
Diário de uma mãe em surto: primeiro dia na escolinha
Diário de uma mãe em surto: empregada canalha
Diário de uma mãe em surto: Último dia de licença maternidade
Diário de uma mãe em surto: Um mês após o nascimento
Diário de uma mãe em surto: existe vida pós-cesárea
Diário de uma mãe em surto: a volta pra casa
Diário de uma mãe em surto: o grande dia
Viajando de ônibus
Gente chata cansa
O que me falta
O lado B da gravidez
Quando a política contamina o futebol
Dividir a vida
O que te move?
Eu, vocês e minha escrita
 
© CaçapavaOnline.net 2014 - Todos os direitos reservados.