EDITORIAL


Diante da repercussão da matéria publicada na segunda-feira, dia 26, “Brigada Militar apreende Dianeal PD-2 (líquido para diálise) que seriam colocados no lixo”, o Caçapava Online esclarece que a proposta é noticiar o que acontece na cidade. Perderia o sentido se omitíssemos alguma notícia.

Não é costume revelar nossas fontes, mas como se trata de uma autoridade policial, optamos em dizer que fomos comunicados do fato pela Brigada Militar. Até chegar ao local não sabíamos do que se tratava.

As informações contidas na matéria foram com base em uma ocorrência que foi registrada na Polícia Civil. Aliás, esse é um cuidado que tomamos. Não podemos ser imprudentes, afinal lidamos com fatos e pessoas.

Intimidações não irão tirar nosso foco. Matéria publicada não é retirada. A não ser que o conteúdo tenha algum erro de informação (que não foi o caso) e mesmo assim temos humildade o suficiente para corrigir. Toda e qualquer matéria poderá ser visualizada no arquivo do jornal, jamais serão apagadas.

Agradecemos a confiança dos leitores e as manifestações pela postura adotada: de não omitir informações. Estamos colhendo os frutos e isso nos faz acreditar que estamos no caminho certo. Continuem nos acompanhando pelo endereço: www.cacapavaonline.net.

Tisa Lacerda


Compromisso com a verdade, trabalho com o coração

Diante dos acontecimentos, impossível cumprir apenas com a função de repórter que é noticiar os fatos e ficar na imparcialidade. Duas mortes prematuras em menos de um mês, a do jovem Henrique Almeida, 17 anos, no dia 02 de setembro, vítima de acidente de trânsito na BR 392, e recentemente a do tradicionalista Marcos Miranda Machado, 24 anos, ocorrida no dia 20.
A morte desses caçapavanos, comoveu a comunidade. Primeiro, por se tratar de pessoas jovens, que começavam a desfrutar a vida: os prazeres e as responsabilidades. Segundo, pela forma como partiram, tragicamente. E por último por serem pessoas de grande convívio social e terem inúmeros amigos.
Sempre que me dirijo a um acidente ou escrevo sobre isso me coloco no lugar da família, tento imaginar que a vítima poderia ser alguém muito próximo. E nessas horas a emoção fala mais alto: é preciso ter sensibilidade para dar a notícia e mostrar os fatos, ter bom senso e respeitar a dor alheia.
Muitas vezes nos questionamos até onde vai o nosso limite? A informação e o sensacionalismo. Até porque somos humanos, temos filhos, irmãos, amigos, pessoas queridas que torcem pela gente e a empatia dos nossos leitores que sabem que fazer jornalismo é isso: informar aquilo que está acontecendo, não invadir a privacidade das pessoas.
Somos movidos pela informação. Mas infelizmente, nesses últimos dias, as notícias não foram boas.
Nossa função é mostrar tudo que está acontecendo na cidade, independente se o fato traz ou não acessos para a nossa página. Somos um jornal online autônomo, nossa responsabilidade é com os leitores. Ações relevantes para a cidade serão mostradas no Caçapava Online.net.
Somos comprometidos com a verdade e a justiça. E não temos problema em voltar atrás e admitir algum equívoco, caso aconteça.
Essa é a nossa linha, e o que nos leva a acreditar que estamos no caminho certo tanto que em apenas quatro meses de existência, o Caçapava Online.net conquistou mais de quatro mil curtidas na fanpage, e os acessos na página dobram a cada mês. Sem falar nos e-mails, mensagens e conversas informais na rua, parabenizando pela coragem e iniciativa.
Só temos a agradecer o carinho e a confiança de todos.
Continuem nos acompanhando pelo www.cacapavaonline.net

Tisa Lacerda


Pra frente Brasil...

Ao acordar pensei: “o que tem hoje?” Sabia que tinha algo importante, mas ainda um pouco sonolento não me lembrava. Então me veio na cabeça uma música. Aquelas que fica o dia inteiro na tua cabeça - Pra frente Brasil, salve a seleção... Fiquei assoviando, saí para rua cantarolando o hino da copa de 70, uma época que talvez, não fosse a lendária seleção, não gostaríamos de lembrar.

Ao contrário do dia de hoje que jamais vamos esquecer. Não é final de Copa do Brasil ou alguma partida importante da dupla Gre-Nal. É dia de COPA NO BRASIL. Fato histórico e que até então apenas ouvíamos falar. “O Maracanaço de 1950, foi assim, o Uruguai fez o gol e....”, ficamos vendo e ouvindo os mais velhos e experientes contarem esse fato durante anos. Triste episódio.

Agora é a nossa vez. Nossa geração vai ter a oportunidade de ver, assistir como nunca uma copa em nosso país. Torcer para que a história não se repita e que tenhamos um final feliz.

SALVE A SELEÇÃO....

Heron Freitas


Amigos,

Até ontem estávamos ansiosos e apreensivos pela inauguração do Caçapava Online.net: não sabíamos se o tempo ia colaborar (já que a previsão era de chuva!); se nossos amigos e convidados iam aparecer; se o coquetel agradaria...Enfim, muitas dúvidas, somadas ao frio na barriga e na expectativa de ver o jornal no ar e a aceitação dos leitores.

Felizmente, durante todo o dia, recebemos várias manifestações de carinho e apoio: flores, cartões, mensagens, recados e telefonemas. A redação está florida e cheia de energia positiva de gente do bem, que passou por aqui para nos abraçar e desejar boa sorte. Hoje continuamos recebendo mais abraços e mensagens. Agora nosso sentimento é outro, nossa responsabilidade é maior: assumimos um compromisso com os caçapavanos e vamos fazer tudo para honrar a confiança depositada nesse novo canal de informação.

Com o coração aquecido de tamanha satisfação e receptividade, agradecemos imensamente a presença de todos que nos prestigiaram na inauguração do CaçapavaOnline.net.

Tisa Lacerda



E depois de muitas noites mal dormidas, alguns quilinhos extras, fios de cabelo que se foram e espinhas que brotaram no rosto, ufa! Eis que nasce o Caçapava Online.net. Um sonho que começa a ser realizado. Sim, porque este é apenas o início. Um filho parido, que foi gestado por alguns meses e muito bem cuidado durante todo o pré-natal por profissionais da nossa cidade que se entusiasmaram com a ideia e acreditaram no projeto.

Cada dia foi uma nova descoberta, uma nova emoção. Muitas surpresas no caminho, não tão agradáveis, mas que foram superadas. Essa é a lei da vida: problemas vão surgir, mas fazer o quê? Chorar, espernear, amarrar uma corda no pescoço? Não, aceitá-los e focar naquilo que é mais importante, no que foi proposto. Não podemos ser dependentes de algo ou alguém, é um ciclo, pessoas passarão por nossas vidas e só as especiais carregaremos conosco. Em determinados momentos pode ser até que nos afastemos, mas elas permanecerão. E o mais bacana, é saber que podemos contar com elas.

Obrigada amigos! O Caçapava Online.net carrega traços genéticos de cada um de vocês. Sintam-se à vontade para ajudar na educação e no desenvolvido desta criança, porque queremos vê-lo crescer saudável e pleno. Somos um produto novo, um jornal não convencional, que quer ter a cara dos caçapavanos e ser referência em informação. O Caçapava Online.net será voltado para a cidade, nossas ações serão baseadas nisso.

Como toda criança em desenvolvimento precisamos de estímulos, portanto vocês estão convidados a fazer parte deste processo. Acreditamos que serão vocês: defensores, colaboradores e leitores, que irão nos encorajar para nos lançarmos ao mundo. Queremos que essa criança tenha personalidade própria. Não precisamos ser impulsionados pela concorrência para melhorar, porque já nascemos com o propósito de fazer melhor.
© CaçapavaOnline.net 2014 - Todos os direitos reservados.